Movimento valoriza o cooperativismo brasileiro

Muita gente por aí ainda não se deu conta de que boa parte daquilo que consome – desde serviços até produtos de primeira necessidade ou itens de alto valor agregado – foi produzido, transportado ou comercializado por uma cooperativa. Isso quer dizer que bem antes de o sol nascer, já tem cooperado trabalhando duro para alimentar, vestir e facilitar a vida de milhares de famílias brasileiras.

Ao fazer isso, esses cooperados e suas cooperativas transformam realidades, por meio da geração de trabalho, renda e inclusão socioeconômica nas comunidades onde estão inseridas. E, ao final do dia, um único sentimento liga essas pessoas: o orgulho de ser parte de um movimento que valoriza quem faz, como faz e porquê faz.

Assim, para reforçar esse orgulho de ser cooperativista e, também, para garantir que mais e mais brasileiros conheçam esse jeito humanizado de fazer negócios e gerar resultados, o Sistema OCB acaba de lançar o movimento SomosCoop – uma campanha nacional de valorização das cooperativas brasileiras, seus cooperados e empregados.

Motivação

Segundo o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, essa campanha nasceu para ser um movimento nacional de valorização do orgulho de trabalhar, de forma cooperativa, por uma economia local mais forte e, assim, por um país mais desenvolvido e próspero.

Para a liderança, é por acreditar na possibilidade real de unir desenvolvimento econômico, social e ambiental, somando forças e compartilhando resultados, que cooperativistas de todos os cantos do país trabalham diariamente. “Essas pessoas têm a certeza de que contribuem com o desenvolvimento não apenas do cooperativismo, mas do Brasil”, enfatiza o presidente.

Contribuição

“Hoje, somos mais de 13 milhões de brasileiros que defendem um país mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos. As nossas cooperativas têm uma contribuição importante na produção agropecuária nacional, na inclusão e na educação financeira de milhões de pessoas no país. E fazemos o mesmo em muitas outras áreas. Na saúde, por exemplo, garantimos atendimento de qualidade para 28 milhões de brasileiros. Ou seja, o cooperativismo está muito mais presente na vida do brasileiro do que ele imagina”, avalia Márcio Lopes.

Por fim, o anfitrião da noite fez questão de afirmar: “Tenho certeza de que, juntos, vamos fazer barulho e levar o movimento SomosCoop para todos os cantos desse nosso Brasil. Vamos mostrar à população brasileira que as relações de ganha a ganha são possíveis, sim, podendo ser colocadas em prática a partir da cooperação. Vamos juntos, afinal, todos nós, SomosCoop!”

Como será

O movimento começa ainda neste ano com o lançamento de um vídeo institucional sobre o poder transformador do cooperativismo, spots para rádio e anúncios para internet, além de revistas. Para 2018 está prevista a divulgação de uma webserie sobre como as cooperativas colaboram com o desenvolvimento das comunidades onde estão inseridas.

“Nossa proposta não é fazer uma divulgação de caráter publicitário do cooperativismo”, destaca a gerente de Comunicação do Sistema OCB, Daniela Lemke. “Queremos engajar as pessoas para essa causa, fazendo cada cooperativa ou cooperado abraçar, à sua maneira, o SomosCoop. Elas poderão usar o carimbo da campanha em seus produtos, vestir a camisa, simplesmente dizer ao mundo o quanto sentem orgulho de ser Coop”, conclui.

 

Fonte: Sistema OCB

%d blogueiros gostam disto: