Educadores participam de Encontro do Cooperjovem

Novos olhares reconstroem o conhecimento. Este foi o tema do Encontro Estadual de Professores do Cooperjovem do Rio de Janeiro, realizado na última sexta-feira, 20 de outubro, no Hotel Windsor Guanabara, no Centro do Rio de Janeiro.

O evento reuniu profissionais das redes municipais de educação de Bom Jesus do Itabapoana, Campos dos Goytacazes, Maricá, Vassouras e Mendes e apresentou novos horizontes para a educação, principalmente com o auxílio de novas tecnologias.

Temas das mais diversas vertentes permearam o evento, como o desenvolvimento de processos formativos para docentes tendo como base a tecnologia, criatividade, autoria e co-criação e os desafios de ser professor. O Cooperjovem é desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) e executado pelas Unidades Estaduais em parceria com as cooperativas associadas, baseada na relação ensino-aprendizagem, construída a partir dos princípios, valores e práticas que embasam a doutrina do cooperativismo.

Aprovada metodologia de subvenção tarifária para cooperativas
A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na última terça-feira, 24 de outubro, a metodologia de subvenção tarifária a ser aplicada às cooperativas permissionárias de distribuição. Trata-se da Lei nº 13.360/2017. O procedimento foi criado em em novembro de 2016 e, desde então, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e a Confederação Nacional das Cooperativas de Infraestrutura (Infracoop) trabalharam intensamente pela aprovação.

O texto aprovado foi de relatoria do diretor da Agência, José Jurhosa Júnior, que, além de acatar parcialmente as contribuições feitas pelo Sistema OCB ao modelo inicialmente proposto pela Aneel para a subvenção, também limitou em 10% o impacto da retirada dos antigos descontos na compra de energia pelas cooperativas. Esse também era um pleito do movimento cooperativista no âmbito tanto da Agência quanto do Ministério de Minas e Energia.

C.Vale inaugura maior abatedouro de peixes do Brasil
Contando com a presença do presidente Michel Temer, a C.Vale Cooperativa Agroindustrial inaugurou o mais novo abatedouro de peixes, em Palotina, no oeste do Paraná. A solenidade reuniu milhares de pessoas, entre cooperativistas, clientes e fornecedores da cooperativa no Brasil e no exterior. O presidente da C.Vale, Alfredo Lang, destacou a importância do momento, pela presença do presidente Michel Temer na solenidade de inauguração.

“É um dia histórico para a sociedade cooperativista, porque estamos inaugurando um abatedouro de peixes com uma tecnologia inovadora, o primeiro desse nível tecnológico no Brasil, com a participação de oito países. É o que há de mais avançado em termos de qualidade e produtividade no mundo. Ou seja, buscamos o que havia de melhor no planeta”, assegurou.

A indústria da C.Vale tem 10 m² e deverá abater 75 mil tilápias/dia até o final de 2018. O empreendimento vai significar a abertura de 450 postos de trabalho. A cooperativa investiu R$ 110 milhões no abatedouro, que começou a ser construído em dezembro de 2016.

%d blogueiros gostam disto: