Instituto Sicoob promove responsabilidade socioambiental

O Instituto Sicoob, criado a partir do 7º princípio do cooperativismo, o interesse pela comunidade, desenvolve, juntamente com a cooperativa filiada Sicoob Unicoob e o Sicoob Central Rio, o programa CO2Free. O projeto integra o Eixo de Educação Ambiental da organização e garante a neutralização de todo o gás carbônico (CO2) emitido pelas estruturas de ambas as instituições com a preservação de ecossistemas.

Em parceria com a Green Farm, – fazenda que está entre os mais completos projetos de sustentabilidade e preservação ambiental do país na prestação de Serviços Ecossistêmicos –, o Instituto Sicoob, Sicoob Unicoob e Sicoob Central Rio assumiram juntos a preservação de uma extensa área verde de 4.650 hectares dentro da fazenda, que fica localizada no município de Itaquiraí, Mato Grosso do Sul, ao lado do Parque Nacional de Ilha Grande (PR).

Além do levantamento da quantidade de emissões de gases efeito estufa e sua neutralização e redução, o Programa CO2Free também contribui para o funcionamento de viveiro com a capacidade de 300 mil mudas de espécies nativas e frutíferas, a formação de um importante Banco de Germoplasma (que identifica os indivíduos de melhor desenvolvimento e multiplica esta genética nas demais espécies), a criação e soltura de mais de 1,2 milhão de peixes nos rios Paraná e Amambai e, ainda, a contribuição com a manutenção de um criadouro com a recepção, tratamento e a soltura de diversos animais silvestres.

Compromisso com a comunidade
O Instituto Sicoob e o Sicoob acreditam que é a partir da soma de esforços que os resultados são multiplicados. Por isso, ao assumirem suas responsabilidades por um mundo melhor e mais sustentável, entendem que a participação de colaboradores e cooperados é essencial para manterem com o compromisso de preservação ambiental e assim, continuarem beneficiando as comunidades onde atuam.

Para o presidente do Instituto Sicoob, George Hiraiwa, o Programa CO2Free vem com o intuito de trabalhar em prol das pessoas, do planeta e da rentabilidade. “É de suma importância que o Sistema Sicoob seja reconhecido no mercado não apenas como uma cooperativa de crédito, mas como uma instituição que faz a diferença. Se educamos para a preservação do meio ambiente, temos que ser, nós mesmos, um exemplo a ser seguido”, defende Hiraiwa.

 

%d blogueiros gostam disto: