Eiduc recebe filho de jogador da Chapecoense

No dia 6 de setembro, foi exibido na TV Record, no Programa do Gugu, uma reportagem sobre o nascimento do filho do jogador Tiaguinho, morto no acidente aéreo da equipe da Chapecoense em novembro de 2016, quando sua esposa Graziele estava grávida de um mês.

O programa acompanha a gravidez de Graziele e, desde então, vem fazendo contato com várias empresas, propondo uma parceria de “apadrinhamento” para o Tiaguinho filho.

Em meados de julho, logo após o nascimento do bebê, a equipe do programa entrou em contato com a cooperativa educacional Eiduc convidando-a para oferecer os serviços educacionais. A escolha pelo Eiduc deixou a equipe muito orgulhosa e a direção da cooperativa de pronto aceitou a proposta, afinal as famílias de Tiaguinho e de Graziele são conhecidas por muitos de seus docentes na região de Bom Jardim (RJ), onde fica sediada a escola. Além disso, foi uma excelente oportunidade de divulgação para o Eiduc e o cooperativismo num grande canal de televisão do país.

A cooperativa preparou um material com fotos, vídeo institucional e um texto de acolhida para a família. A empresa de uniformes Multiformes confeccionou algumas peças e enviou para a produção do programa para presentear a mãe Graziele.

O Eiduc entrou em contato com o Sistema OCB/Sescoop-RJ para relatar a proposta da TV Record, e recebeu todo apoio para criar o vídeo institucional, produzido pela Comunicoop, cooperativa de profissionais de comunicação.
A diretora presidente do Eiduc, Valéria Cerqueira, conta que recebeu o filho do jogador Tiaguinho com muito carinho, abrindo as portas do Eiduc para ele e toda a família.

“Um dos princípios do cooperativismo é o interesse pela comunidade. Não é à toa que sempre extrapolamos os muros da escola para compartilhar, com toda a comunidade de nossa cidade, os nossos projetos voltados para cultura, lazer e solidariedade”, conta Valéria.

%d blogueiros gostam disto: