Unijazz Brasil une música e educação profissional

O jazz – ritmo do improviso – é um estilo musical que surgiu nos EUA na época da escravidão, final do século XIX. Uma manifestação musical que se originou de um legado religioso afro-americano, que influenciou na cultura do país. A cidade de Nova Orleans, no estado da Louisiana, é considerada o berço do jazz, que se popularizou em território americano.

No Brasil, entre as décadas de 1920 e 1930, ocorreram as primeiras manifestações. Pixinguinha e seus oito batutas e Severino Araújo foram alguns expoentes desse estilo. Apenas com a Bossa Nova, na década de 1950 foi que o improviso, essência do jazz, passou a ser empregado em canções brasileiras – o que propiciaria, nas décadas seguintes, a difusão mundial do chamado jazz brasileiro.

Décadas se passaram e o cooperativismo fluminense apresenta a primeira cooperativa criada com o objetivo de unir música e educação musical: a Unijazz Brasil.

“O grupo já existia como uma big band de jazz formada por alunos universitários, fruto de uma parceria com o Conservatório Brasileiro de Música, tendo em seu repertório os clássicos de jazz, MPB e Bossa Nova”, disse Moisés, presidente da cooperativa.

O processo de gestação da cooperativa se deu no início de 2017 com 20 cooperados e, em junho, foi aprovado o estatuto. “As dificuldades foram grandes pois não tínhamos nenhuma referência e tivemos que pensar num modelo diferenciado, pois não queríamos ser mais um grupo de músicos”, afirmou.

Outro desafio, segundo Moisés, foi convencer os músicos que estavam na orquestra de que um novo mercado estava iniciando, com aulas de música nas escolas e o fato de que somente unindo forças e cooperação seria possível alcançar lugares antes não imaginados.

A Unijazz Brasil tem feito shows com a formação big band (20 músicos) em eventos privados, gravações de jingles e apresentações em cerimoniais e feiras de negócios.

“Estamos montando um projeto para aulas de música nas escolas com nossos cooperados e uma parceria com a Agência do Bem, uma organização da sociedade civil que administra um projeto que leva o ensino de música a comunidades carentes gratuitamente”, adianta.

Em paralelo aos projetos de aula, a Unijazz Brasil pretende fazer uma turnê, que se chamará Samba-Jazz: histórias e canções, onde será contada a história dos 100 anos do primeiro registro de um samba e do jazz.

 

%d blogueiros gostam disto: