Rumo ao controle financeiro: veja como começar!

Myrian Lund é professora e planejadora financeira, ocupando por mais de 20 anos cargos executivos no mercado financeiro. Professora e coordenadora de MBAs pela FGV, com forte atuação no Cooperativismo de Crédito. CEO do portal Viva Plenamente. myrian@lundfinancas.com.br

A educação financeira pressupõe o autoconhecimento: conhecer os nossos impulsos, os nossos limites, a nossa capacidade de persistência e de mudar atitudes.A educação financeira pressupõe o autoconhecimento: conhecer os nossos impulsos, os nossos limites, a nossa capacidade de persistência e de mudar atitudes.Com a educação financeira temos conscientização do que precisamos fazer, mas isso não garante a ação, agir de acordo com o aprendemos.O que fazer então para mudar de vida?

1) Anote os seus sonhos e objetivos de vida, com os respectivos valores necessários, e cole figuras representativas, bem bonitas para você ganhar força.

2) Faça a sua planilha de Receitas e Despesas. Analise e faça todos os cortes que do que não é necessário, nem é importante para atingir os sonhos e objetivos de vida.

3) Elabore o orçamento, que é planilha refeita após os cortes. Ela será a sua base agora.

4) Envolva sua família. Ela vai te ajudar a lembrar dos objetivos e vai contribuir positivamente no alcance das metas!

5) Se tiver dívidas, só renegocie se couber no orçamento. Senão continue a negociação. No caso de bancos, quando a renegociação não estiver dando certo na agência, entre em contato com o site www.consumidor.gov.br  e exponha a situação. Uma alçada superior do banco vai entrar em contato e ouvir com mais atenção a sua proposta.

6) Junte dinheiro sempre, mesmo que ainda esteja pagando dívidas. Você precisa colocar o dinheiro para trabalhar para você. Comece com R$ 30,00, R$ 50,00, o que você puder até conseguir chegar a 10% do que você ganha. Este dinheiro vai servir para uma emergência e/ou para você realizar os seus sonhos.

7) Não esqueça da Previdência: idem, comece com o que você puder e vai aumentando os depósitos mensais, também, progressivamente até 10%.

8) Lembre-se: se não tiver dívidas, você consegue economizar 30% por mês reduzindo despesas não necessárias para atingir os objetivos de vida.Vamos começar? O segredo é aplicar o dinheiro no dia que recebe o salário. Finge que é um novo imposto e você, por isso, está recebendo menos! No final do ano, me conta! Você vai ter uma surpresa!

%d blogueiros gostam disto: