Presidente da OCB ressalta importância da Uniodonto no país

uniodontoO presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, participou na quinta (01) das atividades do primeiro dia da 25ª Convenção Nacional da Uniodonto, cujo tema é “A importância da unidade cooperativa”. O evento ocorre até sábado, dia 3/10, na cidade baiana de Itapiraca, e conta com a participação de representantes de cooperativas singulares e de todas as federações da Uniodonto no país. 

A cooperativa odontológica é parte integrante do Ramo Saúde e seus bons resultados, colocaram-na como a maior do mundo no segmento odontologia. A Uniodonto está presente em diversos municípios do território nacional e contribui para a interiorização de odontólogos no Brasil. Possui 120 operadoras, cerca de 3 milhões de beneficiários, mais de 20 mil cirurgiões dentistas cooperados e está entre as 20 maiores notas do Índice de Desenvolvimento da Saúde Suplementar (IDSS). Em 2014, o Sistema Uniodonto teve receita superior a R$ 700 milhões.

O presidente do Sistema OCB saudou a Uniodonto, ressaltando a importância da cooperativa odontológica para o equilíbrio do sistema cooperativista nacional. “Gosto muito do trabalho que cada uma das cooperativas do Sistema Uniodonto realiza. Vocês não imaginam a importância da Uniodonto para o equilíbrio do cooperativismo brasileiro. Vocês têm força, unidade e coração cooperativistas”, comenta Márcio Freitas.

Ele também fez um contundente discurso sobre a relevância das cooperativas no enfrentamento e superação da crise nacional. “Entre os graves problemas institucionais, políticos e econômicos que o país atravessa, o mais preocupante é a deterioração do tecido social, de nossos valores. E aí o sistema cooperativista pode dar sua contribuição. Temos o coração limpo, nada fizemos de errado. Precisamos ajudar o país a resgatar seus valores”, destacou.

O presidente da Uniodonto do Brasil, José Alves de Souza Neto, falou sobre a necessidade de as organizações inovarem sempre e adotarem a crise como ponto de partida para impulsionar novos ciclos de desenvolvimento. “A Uniodonto, acredita firmemente no papel de inclusão social do cooperativismo. Cooperativas são a alternativa para minimizar os efeitos das crises econômicas, por serem mais resistentes do que outros modelos de empresa e, por meio da participação de seus cooperados, terem a capacidade de se reinventarem permanentemente”, comenta Souza Neto.

Também participaram da cerimônia de abertura, o presidente da Federação Norte Nordeste da Unimed, Reginaldo Tavares de Albuquerque, além de representantes do Sistema OCB da região Norte e, também, do Rio Grande do Sul. “O Sistema Uniodonto, com a força de suas cooperativas, por meio do caminho da intercooperação saberá encontrar saídas para a crise”, afirmou o dirigente da Federação Norte Nordeste da Unimed.

%d blogueiros gostam disto: