BNDES renova continuidade do Procapcred

bndesO Ramo Crédito teve uma conquista importante nesta semana. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) atendeu ao pleito do Sistema OCB e renovou o Programa de Capitalização de Cooperativas de Crédito (Procapcred). O objetivo é fortalecer as cooperativas do segmento a partir da aquisição de quotas-partes por seus associados.

Em abril, o Programa foi revogado pela Resolução nº 4.406 do Conselho Monetário Nacional (CMN) e, a partir disso, o Sistema OCB procurou, junto ao BNDES, garantir que sua reativação ocorresse sem a necessidade de um nova avaliação e deliberação por parte do CMN. O Banco encaminhou uma circular instituindo a renovação do Procapcred com algumas alterações, como o aumento da remuneração básica do BNDES, que passou de 0.9% a.a para 1.5% a.a, e o limite financiável de quotas-partes, que antes correspondia ia até 100% do valor total e, a partir de agora, limita-se a 70%.

“O BNDES é um importante veículo de desenvolvimento das cooperativas brasileiras. O apoio que temos recebido da diretoria e equipe técnica do banco contribui para o fortalecimento do cooperativismo. E é assim, com parceiros estratégicos, que construímos um futuro mais sólido”, reconhece o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas.

O líder cooperativista destaca ainda que, desde julho de 2006, o Procapcred vem auxiliando o aumento do capital social dos sócios e de suas cooperativas. “Inegavelmente, esse incremento contribui de forma efetiva para reforçar as estruturas de patrimônio das cooperativas, elevando significativamente a capacidade de atender seu quadro social e expandir sua atuação e negócios, imprimindo, assim, um ritmo de crescimento mais dinâmico, mais sólido e estruturado”, comenta.

NÚMEROS – O cooperativismo de crédito no Brasil tem sido reconhecido como referência mundial em aspectos de organização e atuação, contando hoje com cinco confederações, 37 centrais, mais de 1 mil cooperativas singulares e cinco mil pontos de atendimento, além de dois bancos cooperativos. Com abrangência superior a 95% dos municípios brasileiros, as cooperativas administram cerca de R$ 155 bilhões de ativos, atingindo mais de 7,5 milhões de sócios espalhados por todo o país, tendo acesso aos benefícios oferecidos pelo cooperativismo de crédito.

%d blogueiros gostam disto: