Rússia habilita estabelecimentos de carnes sem inspeção prévia

carneO Serviço Federal Sanitário e Fitossanitário da Federação da Rússia aprovou seis novas plantas para a exportação de carnes entre o final de julho e início de setembro. Além disso, a Rússia suspendeu restrições temporárias para outros cinco estabelecimentos de carnes do Brasil. Os estabelecimentos autorizados irão fornecer carne bovina, suína e de aves, bem como miúdos e envoltórios ao mercado russo. Estima-se, no caso de estabelecimentos de carne bovina, um faturamento da ordem de US$ 14 milhões anuais, por planta. O incremento de receita cambial para os frigoríficos de carne suína é estimado em US$ 6 milhões. A Rússia é um dos principais importadores de carnes brasileiras. Somente em agosto, foram embarcadas 13,8 mil toneladas de carne in natura, o que representou, em valores, US$ 48,3 milhões.

Fonte: Assimp Mapa

%d blogueiros gostam disto: