Sicoob remunera com R$ 45,9 milhões o capital social dos clientes

sicoob_19_04_2014Em 2014, os clientes do Sicoob no Espírito Santo receberam uma remuneração de 10,9% sobre o capital social que cada um mantém na instituição financeira cooperativa. Segundo informações do Sicoob ES foram creditados R$ 39,1 milhões para os associados e recolhidos R$ 6,8 milhões de imposto de renda aos cofres públicos.

O diretor-executivo do Sicoob ES, Nailson Dalla Bernadina, afirmou que o percentual pago equivale a 100% da taxa média Selic acumulada de 2014.  “Com a taxa de inflação de 6,41% registrada no último ano, a rentabilidade real do investimento (4,22% ao ano) superou em 570,2% a da caderneta de poupança (0,63% em termos reais e 7,08% em termos nominais)”, afirmou Nailson.

O capital social, explicou o diretor executivo, é um depósito realizado quando as pessoas ou empresas abrem suas contas em uma instituição financeira cooperativa, e pode ser movimentado de acordo com as regras estabelecidas no estatuto da entidade. “O objetivo do Sicoob é estimular os clientes a ampliarem o capital social, que é a principal fonte de recursos de uma  instituição financeira cooperativa, pois serve de base para todas as operações que ela realiza”.

Valorização

Bernadina também destacou que a remuneração do capital social é praticada desde 2007, sendo válida para as cooperativas filiadas ao Sicoob ES, às quais são associadas 158,6 mil pessoas físicas e jurídicas.

Com essa medida, segundo o presidente do Sicoob ES, Bento Venturim, a instituição financeira reconhece a importância da participação dos sócios no crescimento da instituição. “Esta é mais uma vantagem para quem mantém o capital na cooperativa, que já usufrui a distribuição dos resultados”, ressaltou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


%d blogueiros gostam disto: