Rede Transporte lançada na Expotáxi

Rede Transporte (2)Com os objetivos de reduzir os custos e aumentar a competitividade das cooperativas de transporte por meio do ganho de escala, o Sistema OCB lançou a Central Nacional de Cooperativas de Transporte de Carga e Passageiros (Rede Transporte). A cerimônia de lançamento, realizada durante a Expotáxi Brasil, contou com a presença de diversos representantes do setor, como os presidentes dos Sistemas OCB, Márcio Lopes de Freitas, OCB/RJ, Marcos Diaz e OCB/CE, João Nicédio Nogueira.

A Rede Transporte será composta por cooperativas singulares, vinculadas ao Sistema OCB nos seus respectivos estados e seu objetivo principal é promover o desenvolvimento do setor, por meio da intercooperação e da gestão integrada de atividades de interesse coletivo.

O presidente Márcio Lopes enfatizou que a Central de Compras é um grande avanço a serviço do movimento cooperativista brasileiro. “A expansão da Rede para todo o Brasil é extraordinária e dará a oportunidade de desenvolvimento para toda a categoria, frente aos grandes avanços que ocorrem no país e no mundo. Assumo o compromisso de apoiar a Rede em todos estados e transformá-la em referência para o cooperativismo brasileiro”, comentou Márcio Lopes.

Já o presidente do Sistema OCB/RJ afirmou que o lançamento da Rede Transporte é um caminho que proporcionará às cooperativas um crescimento significativo, devido à possibilidade do acesso a produtos e aumento de competitividade. “Percebemos que este era o momento de virarmos a página e unir todo o segmento transporte e desenvolvê-lo igualmente, garantindo o acesso a tecnologias, capacitação, representação institucional e suporte técnico. A Rede Transporte será essencial para o cooperativismo brasileiro e modelo para outros ramos”, disse Marcos Diaz.

Na sequência, o coordenador nacional do Ramo Transporte, Abel Paré, fez uma apresentação institucional sobre o Sistema OCB e sobre o funcionamento da Central Nacional das Cooperativas do Ramo Transporte. Ele comentou estar impressionado com o número de presentes que lotaram o auditório do Riocentro: mais de 200 pessoas. “O trabalho deve ser iniciado na base, onde estão os cooperados, transformando-os em protagonistas da Rede”, disse Abel.Rede Transporte (1)

O evento de lançamento contou, ainda, com a apresentação do caso de sucesso da Central de Compras do Sistema Unimed, cuja expositora foi a diretora de Integração Cooperativista e Mercado da Unimed do Brasil, Carla Tozato.


Rede Transporte

Para ter-se uma ideia da dimensão que a Central poderá tomar, atualmente, a frota do transporte de cargas gira em torno de 33 mil veículos. Já a frota utilizada no transporte de passageiros é de cerca de 46 mil veículos.

A Central manterá parcerias com fornecedores para customizar produtos e serviços, alinhando-os às especificidades das cooperativas com preços diferenciados. Além disso, manterá parceria com o Sescoop para o desenvolvimento da cultura de gestão profissional e qualidade nas Cooperativas de Transporte, buscando a padronização e o alinhamento das práticas contábeis, tributárias e operacionais.

A Central desenvolverá uma plataforma virtual contendo o registro de preços, ou seja, um sistema de homologação de fornecedores e compradores associados. A sede administrativa será no mesmo local onde já encontra-se a Rede, na cidade de Arroio do Meio (RS).

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


%d blogueiros gostam disto: